Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



e...estou

30.11.13
 

 


 

 

 

Bom fim-de-semana!!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu queria um mundo sem ti nem ninguém mais

29.11.13

 

  

 

Em vão, como vês, me esforcei por não me distrair. Para passar por ti como se passa por um episódio, por um acidente à beira da estrada, por uma ilusão de água num mar sem fim de areia. Eu queria só a solidão da solidão, o silêncio submerso dos dias vazios e sem destino, a consistência da água e a evidência das pedras. Eu queria um mundo sem ti nem ninguém mais, uma vida - tão merecida - feita de egoísmo e de instantes impartilháveis. Mas tu és como a anémona que segue a corrente que passa, és a lapa presa à rocha, o sulco na areia durante a maré vazia que indica o caminho de regresso ao mar, tu és a densidade da água dentro da qual eu me reencontro e me reconstruo.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Ladies and Gentlemen

29.11.13

 

 

 

 

 

 

Mr. Robert De Niro

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bom Dia!

29.11.13

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Not broken

28.11.13

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eis aqui um fenómeno eminentemente importante.

28.11.13

 

 

Nem eu nem vós sabemos como nasce o amor. Em fisiologia, que é a ciência do homem físico, não se sabe. A psicologia também não diz nada a este respeito. Os romances, que são os mais amplos expositores da matéria, não avançam cousa nenhuma ao que está dito desde Labão e Rachel até à neta do arcediago e o filho de Ricarda. 
Dizer que o amor é a sensualidade, além de grosseira definição, é falsidade desmentida pela experiência. Há um amor que não rasteja nunca no raso estrado das propensões orgânicas. 


Dizer que o amor é uma operação puramente espiritual é um devaneio de visionários, que trazem sempre as mulheres pelas estrelas, ao mesmo tempo que elas, gravitando materialmente para o centro do globo, comem e bebem à maneira dos mortais, e até das divindades do cantor de Aquiles. 


Eu conheço homens, sem faísca de espírito, que se abrazam tocados pelo amor como o fósforo em presença do ar. Eis aqui um fenómeno eminentemente importante. Ele, só, sustenta em tese que o amor não tem nada com o corpo nem com o espirito. Eu creio que é um fluido. É pena, porém, que eu não saiba o que é fluido para me dar aqui uns ares pedantescos, ensinando ao leitor, mais ignorante que eu, cousas que, de certo, o não privavam de continuar a comer, e a dormir. 



Autoria e outros dados (tags, etc)

Bon Appétit

28.11.13

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quem tem uma Mãe...tem (quase) tudo!

28.11.13

 

 

 

 

 

Obrigada à equipa do Sapo, pelo recorte no post de avisos à navegação de sra. minha mãe !  

Obrigada ao simpático Lynce que me deu a novidade!

Obrigada à mamã pelo contributo!

 

{#emotions_dlg.kiss}

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bom dia!

28.11.13

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

These wounds won't seem to heal

27.11.13

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pág. 1/11



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Visitas


Pesquisar

Pesquisar no Blog