Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Deixa a porta aberta.

22.11.14

 

 

O corpo da mulher rola para dentro de casa como um embrulho, as roupas encardidas pela humidade. O cabelo está de tal modo entrelaçado que nem a água quente o conseguirá desembaraçar com a lavagem. Estende-se no chão da sala, exausta. O primeiro movimento que faz é mostrar as cicatrizes dos braços e apontar para alguns sinais junto do umbigo. A carpete fica molhada ao contacto com a roupa, desenhando uma pequena silhueta, uma mancha que há-de ficar para sempre gravada naquele espaço do chão. Mateus está de pé junto a ela, descalço, incapaz de dizer ou fazer o que quer que seja. Sente o calor subir-lhe pelas pernas e as mãos trémulas. Deixa a porta aberta. Das escadas vêm uns grunhidos, alguém grita para que acendam a luz, alguém apanhado na escuridão entre dois andares. Um dos vizinhos abre a porta e pergunta se querem que ele desça com uma pilha. Quem grita é a mesma mulher que ali passa diariamente cheia de sacos de plástico e que agora ameaça deitar fogo ao prédio.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bom dia!!

22.11.14

 

000.jpg

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Black rain

19.11.14

 

blackrain.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bom dia!

17.11.14

 

ba.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Comes and goes

14.11.14

 

0.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bom fim-de-semana!

14.11.14

993451_665806470110496_1842922420_n.jpg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Seguem...

14.11.14

 

 

 

É difícil ver com clareza outro caminho, a natureza é simples e avança sem escrúpulos, competições implantadas…margens ou linguagens tumultuosas. No princípio da descoberta surge a proposta de partilha insólita sem roteiro ou artefactos. Seguem sem barreiras na impermanência da vida, sem resignação. É simples, natural, intimo e próximo… torna a espera suportável e harmoniosa. Em cruzamentos, encruzilhadas as imagens envolvem-se num caso concreto. É nítido o reflexo da omissão, tanto de furtivo como de efémero, mas eterno, talvez. Na sombra, olham-se. No trilho que conduz ao fim do caminho, na sucessão de pensamentos felizes, a neblina sobre as pastagens, esconde o abismo indelevelmente marcado na alternativa. Vividos, vergados pelo prazer maximizado da descoberta desenfreada, atravessam caminhos sombrios de e na outra existência, atravessam passagens alternativas que os conduzirá a momentos mágicos, instantes prolongados. Seguem na ganância do imediatismo, insaciáveis, aliciam-se com a vida, sem promessas, sem juízos. Acometidos pela vontade embrenham-se na escuridão…regressam à estrada, ao caminho que abandonaram e seguem, invariavelmente, no silêncio movimentado. Seguem, invariavelmente ,sem dúvidas. Seguem, invariavelmente, satisfeitos. E (in)variavelmente na (in)certeza de reencontro, sorriem sem aviso, sem esforço. Seguem na sua existência.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bon appétit!

14.11.14

 

8888.jpg

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mesdames et messieurs votre attention s'il vous plaît

14.11.14

 

qaqsqs.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Olha a mala, olha a mala...olha a malinha de mão!

14.11.14

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Visitas


Pesquisar

Pesquisar no Blog