Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



E para sempre é todo o tempo de que precisas.

28.03.14

 

 

Podes ser infeliz a vida toda e ainda ir a tempo de seres feliz para sempre.
Quando passas pela vida a pensar – e a dizer-te – que estás a passar pela vida: estás, de facto, a passar pela vida. Mas quando te passas e te dizes e te pensas como a caminho de deixares de passar pela vida: estás finalmente a fazer a vida passar por ti. E a passar-se por ti acima e por ti abaixo. Quando te passas e te dizes e te pensas como a caminho de deixares de passar pela vida: tens todo o t...empo do mundo à tua frente. O tempo é para a frente. Tens a vida toda à tua frente. Sempre. Tens o mundo todo a teus pés. Sempre. Sempre sempre. E para sempre é todo o tempo de que precisas. Se estiveste quinze ou trinta ou cinquenta anos infeliz ao lado de alguém e saíste agora desses quinze ou trinta ou cinquenta anos de infelicidade ao lado de alguém: bato-te palmas com toda a força. És o maior. O herói mais corajoso que eu conheço. Se estiveste quinze ou trinta ou cinquenta anos infeliz ao lado de alguém e saíste agora desses quinze ou trinta ou cinquenta anos de infelicidade ao lado de alguém: não deixes que te desvalorizem por teres sido imbecil ao ponto de aguentares tanto tempo de infelicidade ao lado de quem te fez infeliz. Nada disso. Se estiveste quinze ou trinta ou cinquenta anos infeliz ao lado de alguém e saíste agora desses quinze ou trinta ou cinquenta anos de infelicidade ao lado de alguém: valoriza como um maluco a danada, a maravilhosa, a abençoada, força que tiveste para, ao fim de tanto tempo, ainda teres a coragem de te pores na alheta e ires à procura da tua vida. Se estiveste quinze ou trinta ou cinquenta anos infeliz ao lado de alguém e saíste agora desses quinze ou trinta ou cinquenta anos de infelicidade ao lado de alguém: és o Rambo. O destemido e incauto herói que derrota tudo e todos. O maluco que olha nos olhos da dor e se ri dela como se nem ela, a dor, lhe pudesse doer. O maluco que olha nos olhos da morte e se ri dela como se nem ela, a morte, o pudesse matar. Se estiveste quinze ou trinta ou cinquenta anos infeliz ao lado de alguém e saíste agora desses quinze ou trinta ou cinquenta anos de infelicidade ao lado de alguém: és o Rambo. Já puseste a fita vermelha na cabeça?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Visitas


Pesquisar

Pesquisar no Blog