Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Isso, porém, não impede que tudo venha a repetir-se.

02.04.15

 

 

 

Vou fazendo horas - metade da vida é uma perdulária expectativa. E tonta. E ansiosa. E inútil. Como quem se sentou numa gare de caminho-de-ferro, à espera de um comboio que não se sabe quando passará e qual o seu destino. Certeza, e relativa, está apenas no local de espera. E às vezes na própria espera. Se chegamos a concretizar a viagem, o lugar aonde o comboio nos levou, desilude-nos. Isso, porém, não impede que tudo venha a repetir-se. Desperdiça-se o instante real e concreto, mas que, como areia, se nos escapa das mãos, em favor de uma ilusória vez seguinte.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



2 comentários

Imagem de perfil

De Palomina a 09.04.2015 às 21:47

Olá!
Tens desafio no meu blog, caso queiras.
;)
Sem imagem de perfil

De apeteciametanto a 13.04.2015 às 15:31

Podias ter aparecido no dia 1 de Abril, assim sabia que era brincadeira de vossemecê. 


Vens e foste novamente!!!! Uiiiiiii 

Comentar Post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Visitas


Pesquisar

Pesquisar no Blog