Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O homem folheia um livro

30.01.14

 

 

Queres um cigarro? - pergunta ele. Aceito. Acende-mo com gentileza, embora se pudesse esperar, devido a toda esta tensão, que simplesmente me atirasse o maço de cigarros e a caixa de fósforos. Pretende ser distantemente gentil, mas a mão treme-lhe quando me estende os cigarros. Quer dar-se, dar-se para lá de qualquer expressão inóspita, da teoria masculina da força e do poder. E então ocupo-me do meu corpo. Penteio-me, calço as meias, ponho bâton. O homem folheia um livro. Coloca um disco no pick-up. E quando se vira, talvez para dizer: por favor, fica - eu levanto a cabeça e pergunto: já deixou de chover?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



12 comentários

Imagem de perfil

De Calipso a 30.01.2014 às 18:28

Adoro vir aqui folhear-te!
Imagem de perfil

De Maria Rita a 30.01.2014 às 18:43

e uma vez que já a chuva já parou ...também posso oferecer um cigarro. Se não fumares, também há chá. :)
Fica, folheia(-me)...que a biblioteca é composta :) 
Imagem de perfil

De Calipso a 30.01.2014 às 18:46

Uma das mais completas e interessantes que conheço. Deixei de fumar há uns anos... mas manda lá vir o chá para ver se ajuda a aquecer e a parar esta pingadeira do narizImage
Imagem de perfil

De Maria Rita a 30.01.2014 às 18:59

:)
e sai um chá para o sr. da mesa do canto e uns comprimidos de mimos! Ou prefere em xarope?!

 
Imagem de perfil

De asimplesvidadejoaorapaz a 31.01.2014 às 10:30

eu digo-te Maria Rita que me poderias dizer a que livro pertence... gostei!!
Imagem de perfil

De Maria Rita a 31.01.2014 às 10:48

A Maria Rita diz...Herberto Hélder, Os passos em volta! :)
http://www.fnac.pt/Os-Passos-em-Volta-Herberto-Helder/a63208

 
Imagem de perfil

De asimplesvidadejoaorapaz a 31.01.2014 às 12:15

"Annemarie sentou-se à minha mesa. Vi logo o tamanho da sua solidão: tinha o tamanho do mundo. Ela era a criatura mais só do mundo. E a sua história apareceu - simples, tenebrosa - entre as nossas duas cervejas. Todas as histórias pessoais são simples e tenebrosas. Não me comovi. Comovido já eu estava: com as coisas, comigo, com a chuva sobre a cidade. Talvez houvesse uma irônica alegoria em nós dois ali sentados diante dos belos copos frios, compreendendo ambos tão facilmente, o que nos acontecia e iria acontecer que não tínhamos pressa. Poderíamos morrer ali mesmo. Esperávamos."
Imagem de perfil

De Maria Rita a 31.01.2014 às 13:11

...todo ele podia ser aqui transcrito...talvez seja...
Imagem de perfil

De asimplesvidadejoaorapaz a 31.01.2014 às 14:21

"Ao Norte existe o Escalda. De lá se parte, chega-se ao mar. Já me disseram que a gente que nasce e vive ao pé do mar é mais pura. Penso que o mar dá uma qualidade especial à fantasia, ao desejo e à confiança. É uma propriedade misteriosa do espírito, e por ela se aprende a nada esperar, a não desesperar de nada. Talvez seja isso a inocência. Talvez só no mar nos seja concedido morrer verdadeiramente, morrer como nenhum homem pode."
Imagem de perfil

De Maria Rita a 31.01.2014 às 14:52

"Bem, não aguentamos a desordem estuporada da vida. E então pegamos nela, reduzimo-la a dois ou três tópicos que se equacionam. Depois, por meio de uma operação intelectual, dizemos que esses tópicos se encontram no tópico comum, suponhamos, do Amor ou da Morte. Percebe? Uma dessas abstracções que servem para tudo. O cigarro consome-se, não é?, a calma volta. Mas pode imaginar o que seja isto todas as noites, durante semanas ou meses ou anos? "


 

Imagem de perfil

De asimplesvidadejoaorapaz a 31.01.2014 às 15:01

É tudo uma questão de Estilo... ;)
Imagem de perfil

De Maria Rita a 31.01.2014 às 15:39

Uma dessas abstracções que serve(m) para tudo...o Estilo! :)

Comentar Post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Visitas


Pesquisar

Pesquisar no Blog